Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
3 anos atrás

Downloads: http://downloads.adventistas.org/pt/kits/esboco-iv-trimestre-2013/
Motivação: Durante a II Guerra Mundial, nos Estados Unidos, era costume uma família que tivesse um filho que estivesse servindo nas Forças Armadas colocar uma estrela na janela frontal da sua casa. Porém uma estrela dourada indicava que o filho tinha morrido dando apoio à causa do seu país. Há vários anos, Sir Harry Lauder contou uma história comovente sobre esse costume. Ele disse que certa noite um homem caminhava por uma rua de Nova Iorque, acompanhado de seu filho de 5 anos. O pequeno foi atraído pelas luzes que brilhavam nas janelas das casas e quis saber porque é que algumas casas tinham uma estrela nas janelas. O pai explicou que aquelas famílias tinham um filho combatendo na guerra. O pequeno bateu palmas quando viu uma outra estrela na janela e exclamou, “Olha, Papai, uma outra família que deu o filho pelo seu país”. Finalmente chegaram a um descampado, depois da fileira de casas. Daquele lugar, podia-se ver uma estrela a brilhar no céu. O pequenito voltou ao tema, “Oh, Papai”, exclamou, “Olha para aquela estrela no céu! Deus também deve ter dado o Seu Filho”. Sim, de fato! Há uma estrela na janela de Deus.

Foco: entender Compreender o significado da morte sacrifical de Jesus Cristo, prevista na vida do Servo do Senhor de Isaías 53.
Compreensão:
I. Servo Sofredor, O incompreensível sacrifício de Deus pelos pecadores
Pergunta 1: Por que Jesus teve que assumir a natureza humana, sofrer e morrer na cruz para salvar a humanidade?
Leia Isaías 53. Somente por meio do sofrimento e morte, Jesus poderia Se tornar o Autor da salvação. (Hb2:10)
v. 3, Desprezado e o mais rejeitado entre os homens.
v. 4 Tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores.
v. 5. E pelas suas pisaduras fomos sarados.
v. 7 Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca;
v. 7. Como cordeiro foi levado ao matadouro;

II. Substituto suficiente e imaculado.
Pergunta 2: Não havia outra maneira de salvar a humanidade?
Rm 6:23, O salário do pecado é a morte.
Gn 2:17, “No dia em que dela comeres, certamente morrerás”. Nesse dia morreu o substituto que simbolizava o verdadeiro substituto.
Cristo não passou por alto o pecado, Ele o eliminou. João 1:29
O animal oferecido teria que ser perfeito. (imaculado) Ex 12:5 Sua perfeita justiça nos cobre. (Hb 4:15)

III. O Sangue de Cristo. (1 João 1:7) “O sangue de Jesus, nos purifica de todo pecado”
Pergunta 2: Porque o simbolismo do Sangue?

  •  O sangue de Cristo é uma expressão clara para a morte de Cristo.
  • Sangue substitutivo. Êxodo 12:13 Primogênitos. Sangue como propiciação. Rm 3:25
  •  O sangue está associado a Pacto. Sem derramamento de sangue não há remissão. Hb 9:22
  •  O livro de Levíticos é um livro Sangrento. Um quadro espantoso, nada agradável.

O pecado é sempre pecado, Deus nunca o tratou brandamente.

  •  Qual era o primeiro quadro e o último que um penitente observava quando chegava ao santuário? Sangue, cinzas, cordeiro queimado.

Aplicação: Um grande perigo, a INDIFERENÇA. Perigo de aceitar o evangelho e depois minimizá-lo. Mt 2:1-4 Encontramos três atitudes diante do sacrifício de Jesus.

  1.  Herodes, recebeu-O com violência e ódio.
  2.  Os Judeus, quando tomaram conhecimento do nascimento de Jesus, foram indiferentes. Não se importaram, não correram atrás.
  3.  Os Magos do Oriente, Alegraram-se com grande júbilo.

A pior reação diante do amor é a indiferença.
Criatividade: “Cristo foi tratado como nós merecíamos, para que pudéssemos receber o tratamento a que Ele tinha direito”
O nascimento de Cristo trouxe Deus ao homem; a morte de Cristo trouxe o homem a Deus.
Repita comigo: Eu agradeço e aceito o que Jesus fez por mim na cruz do calvário, agradeço muito Sua morte substitutiva. Aí onde você está ore comigo.