Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
3 anos atrás

Downloads: http://downloads.adventistas.org/pt/kits/esboco-ii-trimestre-de-2014/
Motivação: Em nossa casa éramos cinco irmãos e existia uma lei que ninguém podia chegar tarde depois de uma hora que foi determinada. Esta lei durou em quanto estivéssemos na casa. Assim quando tive a oportunidade de sair para colportar, uma noite decidi ficar ate tarde com os colegas conversando. Ao final de contas já não estava em minha casa. Ao voltar ao lugar onde estávamos alojados, já era mais de meia noite, e repentinamente saíram uns homes armados e em poucos minutos fomos assaltados. Essa mesma noite entendi porque o meu pai deu aquela lei na casa. Ele queria-nos proteger, ele nos amava.
Foco: Entender que a lei de Deus e Sua graça mostram que Deus está interessado e envolvido em nossa vida, e deseja que estendamos essa boa noticia aos outros.
Compreensão:
I. A lei e o pecado
Pergunta 1 Qual é a natureza do pecado em relação a lei?
Rom. 7:7-12 A lei define o que é o pecado mas não é pecado.
Quem criou a lei, sabia a importância de mostrar claramente o mal (advertência) e o bem, a graça de Deus.
Se não existisses a lei, como saberíamos por exemplo que a cobiça é pecado. Romanos 7:7
II. A lei e Israel
Pergunta 2 Qual era a importância da lei para a Israel?
A desobediência debilita a fé.
As promessas são condicionais, devemos amar a Deus e andar em seus caminhos.
Deut. 30:15
A lei não se destinava a ser um fardo.
III. A lei e as nações.
Pergunta 3 A grande pergunta é: E as demais nações de aquele tempo, foram abandonados a esta revelação?
Romanos 1:20 Deus deu uma revelação especial. Chamada de revelação natural. A lei da consciência.
Entre os Incas, por exemplo: Ama sua, ama lhulha, ama quelha. Não matar, não mentir, não furtar.