Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
3 anos atrás

Downloads: http://downloads.adventistas.org/pt/kits/esboco-i-trimestre-de-2014/

Motivação:
De 130 anos era Jacó, quando desceu a Egito para se encontrar com seu filho José, aquele encontro foi muito emocionante, muitas lagrimas, muitos abraços.

Então José disse: Subirei e farei saber a Faraó.
Assim José selecionou 5 de seus irmãos e junto a Jacó, foram a apresentar-se ante o todo poderoso Faraó. Quando entraram no palácio, todo era esplendoroso, todo era magnifico. Nunca em sua vida entraram em um lugar tão sofisticado, depois de todo era o lugar mais desenvolvido do mundo antigo.

Quando chegaram a presença do Faraó, havia uma expetativa sobre o que havia de acontecer. Aquela manhã Jacó havia tido comunhão com o monarca mais poderoso do universo, e agora consciente de sua “Superioridade” alçou as mãos e abençoo o Faraó. Não é que o Faraó tinha que abençoar a Jacó, como rei que era?
No contato com os poderosos da terra, não é que os filhos de Deus são abençoados, por os poderosos, somos nos que abençoamos os demais.

Compreensão:

I. Nossa posição frente as autoridades.
Pergunta 1. Qual deveria ser nossa posição frente as autoridades governamentais?

  1.  Estar sujeitos as autoridades. Romanos 13:1 Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus.
  2.  Orar pelas autoridades. Esdras 6:10
  3. Obedecer as autoridades, mas antes a Deus. Atos 5:29 Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens.

II. Evangelizando os governantes.
Pergunta 2, Como devia ser nossa atitude frente aos governantes e lideres da cidade?

  1. Dar bom testemunho. Como considera Deus as nações pagãs? Isaías 19:25 Porque o Senhor dos Exércitos os abençoará, dizendo: Bendito seja o Egito, meu povo, e a Assíria, obra de minhas mãos, e Israel, minha herança”. Deus queria evangelizar Egito, mas o evangelista de aquela época, não deu bom testemunho e foi expulso. (Heb. 12:10)
  2.  Os primeiros em ouvir o convite. “Homens de negócios, em altas posições de confiança, homens de faculdades inventivas e intuição científica, homens talentosos, mestres do evangelho, cuja atenção não foi dirigida para as verdades especiais deste tempo – esses devem ser os primeiros a ouvir o convite”. Ev. 555
  3.  Fazer nossa parte e não desanimar-nos pela rejeição. Atos 26:28 E disse Agripa a Paulo: Por pouco me queres persuadir a que me faça cristão!

Aplicação:

  1.  Orar por nossas autoridades
  2.  Levar o livro missionário.
  3.  Apoiar com trabalhos comunitários.

Criatividade
Nos fomos chamados para contagiar o mundo e não ser contagiados pelo mundo. As vezes podemos pensar que somos poucos, e pouco poderosos, mas lembremos que nosso poder vem de Deus. Y Deus quer usar o débil para envergonhar o forte.
Vamos orar pelas autoridades de turno.
Que tal levar um livro missionário para eles. Vamos convidar para visitar nossa igreja. Eles também precisam ser salvos.