Detalhes

Bíblia, Missão Global
3 anos atrás

Libras da lição 3 do II trimestre de 2014.

VERSO PARA MEMORIZAR: “Este povo honra-Me com os lábios, mas o seu coração está longe de Mim. E em vão Me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” (Mt 15:8, 9).

Leituras da Semana: Mt 23:1-7; Mt 15:1-6; Is 29:13; Mt 5:17-20; Rm 10:3

John Wesley, fundador da Igreja Metodista, sugeriu que a teologia de alguém é influenciada por quatro fatores: fé, razão, Escrituras e tradição. No entanto, Ele não quis dizer que todos os quatro aspectos tenham igual autoridade. Ele reconheceu que a Bíblia é fundamental, mas também reconheceu que a fé, a capacidade de raciocinar e a tradição religiosa afetam a maneira pela qual a Bíblia é interpretada. Se Wesley fosse trazido de volta à vida hoje, ficaria chocado ao descobrir que muitos teólogos modernos na tradição Wesleyana (e em outras tradições também) agora dão mais valor à razão, à tradição ou à opinião pessoal do que ao claro ensino das Escrituras.

A lição desta semana estuda as tradições religiosas sobre as quais os escribas e fariseus fundamentavam muitos dos seus ensinamentos. Os rabinos que originalmente escreveram essas tradições respeitavam muito as Escrituras e não tinham intenção de que essas tradições fossem elevadas à condição de Palavra de Deus. No entanto, alguns de seus zelosos discípulos confundiram o método com a mensagem e, com isso, deslocaram o foco da divina revelação escrita para a tradição humana.

Chegou o grande dia! Que Deus abençoe seu envolvimento no evangelismo da amizade!