Detalhes

Bíblia, Missão Global
3 anos atrás

Libras da lição 11 do I trimestre de 2014.

VERSO PARA MEMORIZAR: “Naqueles dias, retirou-Se para o monte, a fim de orar, e passou a noite orando a Deus. E, quando amanheceu, chamou a Si os Seus discípulos e escolheu doze dentre eles, aos quais deu também o nome de apóstolos” (Lc 6:12, 13).

Leituras da semana : Lc 6:12-16; Jo 16:7-14; Lc 6:20-49; Jr 50:31; Is 57:15; At 1

Embora Jesus fosse sempre ativo em fazer discípulos, Ele reconheceu que Sua permanência na Terra seria breve. Portanto, dedicou-Se à formação de discípulos para que continuassem o trabalho depois que Ele partisse. Ele era o Mestre deles, tanto professor como treinador. Ainda que o ensino e o treinamento estejam obviamente relacionados, o ensino geralmente sugere transmissão de conhecimento, enquanto que o treinamento envolve a formação ou qualificação por meio da prática e disciplina.

A preparação dos discípulos para a liderança certamente envolveu o recebimento de conhecimento, mas o crescimento espiritual era ainda mais importante.

Eles precisavam de experiência nas coisas de Deus, de fé, provações, santificação e
abnegação, juntamente com a compreensão intelectual da doutrina e da teologia.

O conhecimento, por si só, seria uma preparação insuficiente para enfrentar os difíceis desafios futuros. Jesus proveu ambos.