Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
1 ano atrás

Motivação: Na Sexta-feira ha um relato impressionante: Em 1959, dois criminosos entraram numa casa em Kansas e mataram um casal e dois filhos adolescentes. Antes que os assassinos fossem encontrados, o irmão do pai assassinado escreveu esta carta para o jornal local: “Há muito ressentimento nesta comunidade. Já ouvi em mais de uma ocasião que o homem, quando encontrado, devia ser enforcado na árvore mais próxima. Não tenhamos esses sentimentos. O ato já foi cometido, e tirar outra vida não vai mudá-lo. Em vez disso, vamos perdoar como Deus quer que o façamos. Não é certo guardar rancor no coração. Na verdade, o autor desse ato vai achar muito difícil conviver consigo mesmo. Somente vai encontrar a paz quando for a Deus em busca de perdão. Não lhe impeçamos o caminho; em vez disso, oremos para que ele possa encontrar a paz”
Foco: Conhecer e refletir sobre os eventos finais da vida de Cristo também saber as consequências poderosas e eternas do uso correto ou incorreto da liberdade e do livre-arbítrio.
Compreensão:
Enfatizaremos dois assuntos na lição desta semana:
1 Respostas ao rei Jesus, Reações ao Rei Jesus, e
2. Um novo significado para um antigo símbolo. Falando da Páscoa e a Santa ceia.

I. Respostas ao rei Jesus
No capitulo 26 de Mateus encontramos aos lideres judeus, Judas Iscariotes e por outro lado a mulher com o vaso de alabastro.
Diego: Parecera que Mateus apresenta a Jesus frente a cruz como um boneco de pano, à mercê de eventos for a seu controle.
Resposta:
Jesus esta no controle dos eventos, no capitulo 26, verso 2 Jesus adverte claramente que “Será entregue para ser crucificado” Ha enfatizado repetidamente que conhece o seu futuro (9:15; 16:21) Jesus não caminha cegamente para uma armadilha. Sabe que um dos doze o traíra, (26:21) Sabe que o restante dos discípulos o abandoarão (26:31) Sabe que Pedro o negará. (26:34)
Mas Jesus também sabe que vencerá sobre a morte a traves da ressurreição, (26:32) Que se sentará a direita de Deus y que finamente virá outra vez nas nuvens dos céus para resgatar os seguidores. (26:64)
Mas esse é um dos pontos centrais de Mateus 26, ainda que Jesus esta no controle dos eventos e que poderia fugir da cruz, Ele escolhe que se cumpram as Escrituras que diz que: “assim deve suceder”
João 10: 18 confirma: “Ninguém a tira (a vida) pelo contrario, eu espontaneamente a dou. Tenho autoridade para a entregar e também para reavê-la”