Adicionado por em 2015-09-07

VERSO PARA MEMORIZAR: “Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar” (At 2:38, 39).

Leituras da semana: At 2:5-21; 10:1-8, 23-48; Rm 2:14-16; At 10:9-22;
11:1-10; 15:1-35 Pedro foi o primeiro apóstolo a proclamar a salvação aos gentios. Após a fundação da igreja, ele continuou a liderá-la por vários anos, mesmo depois de Paulo ter se tornado o excelente missionário aos gentios. Pedro, juntamente com Paulo, ajudaram a igreja primitiva e sua liderança, composta em sua maior parte por judeus, a compreender a universalidade da grande comissão.

Pedro trabalhou para conseguir uma igreja integrada, unindo os conversos gentios, que não tinham conhecimento dos detalhes mais específicos da cultura judaica, e os conversos judeus, cujos costumes tendiam a assumir a condição de absolutos divinos. Como todos os missionários pioneiros, Pedro teve que fazer distinção entre os absolutos divinos imutáveis e as práticas culturais e relativas,
sem importância significativa na vida do cristão, fosse judeu ou gentio. Assim, foi Pedro que, no Concílio de Jerusalém, declarou, a respeito dos gentios, que Deus “não estabeleceu distinção alguma entre nós e eles, purificando-lhes pela fé o coração” (At 15:9); foi ele, também, que ajudou a resolver as questões que ameaçavam a unidade da igreja primitiva.

A Revista Adventista apresenta artigos teológicos, reflexões espirituais e notícias sobre o crescimento da igreja. Faça sua assinatura.