Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
5 anos atrás

Baixe aqui o esboço 10 da lição da Escola Sabatina: http://downloads.adventistas.org/pt/kits/esboco-iv-trimestre-2014/

Motivação:
Na Guatemala, existe uma tribo indígena chamada de Kekchi, eles tem uma boa palavra para arrependimento, cujo sentido é: “dói meu coração”.
Distante dali, no interior da África, a tribo Baouli tem um vocábulo talvez ainda melhor; o termo que eles usam para arrependimento significa: “dói tanto que quero desistir disso”.

Foco: Compreender que não há reforma verdadeira sem arrependimento genuíno
Compreensão:
I. Chorem e lamentem
Pergunta 1 Por quais razões Tiago pede que os ricos lamentem e chorem?

Pergunta 2 Quais são os passos para uma restauração plena?

Reconhecimento, tristeza, arrependimento, restauração e reforma, são elementos fundamentais na cura do mal
2 Co 7:10 A tristeza segundo Deus, produz arrependimento.
II. As riquezas
Pergunta 3 A riqueza é um dom de Deus? F ( ) V ( )
Pergunta 4 Como saber se o dinheiro nos serve ou se nós servimos a ele? Lc 16:10-13
Pergunta 5 O que pode produzir a busca de riquezas somente por causa das riquezas? Riqueza acumulada.

  1.  Extorsão
  2.  Comodismo
  3.  Busca de prazeres
  4.  Cobiça
  5.  Injustiça
  6.  Assassinato. Etc.

Aplicação:

  1.  Como podemos trabalhar para aliviar o problema da pobreza extrema? O que devemos fazer para ajudar, e o que não devemos fazer?
  2.  A maior riqueza não é material, a maior riqueza é possuir um coração transformado, generoso, disposto a fazer a vontade de Deus.
  3.  Paciência e perdão evitam conflitos desnecessários.

Criatividade:
Nós éramos todos devedores à justiça divina; mas nada possuíamos para pagar o débito. Então, o Filho de Deus, que de nós teve piedade, pagou o preço de nossa redenção. Ele Se fez pobre para que por Sua pobreza fossemos enriquecidos. Mediante obras de liberalidade para com Seus pobres, podemos provar a sinceridade de nossa gratidão pela misericórdia a nós estendida. “Façamos bem a todos”