Adicionado por em 2015-07-04

VERSO PARA MEMORIZAR: “Considerem o exemplo de Abraão: ‘Ele creu em Deus, e isso lhe foi creditado como justiça’. Estejam certos, portanto, de que os que são da fé, estes é que são filhos de Abraão. Prevendo a Escritura que Deus justificaria pela fé os gentios, anunciou primeiro as boas-novas a Abraão: ‘Por meio de você todas as nações serão abençoadas’” (Gl 3:6-8, NVI).

Leituras da semana: Gn 12:1-3; 14:8-24; Hb 11:8-19; Gl 3:6; Gn 12:6, 7; 18:18, 19

Não é coincidência que as três principais religiões do mundo – judaísmo, cristianismo e islamismo – sejam às vezes chamadas de “religiões abraâmicas”.

Isso ocorre porque as três, de uma forma ou de outra, reconhecem suas raízes nesse grande homem de Deus.

Embora Abraão seja admirado como o exemplo máximo de fidelidade, a lição desta semana examinará essa fidelidade a partir de um ângulo diferente. Isto é, desejamos meditar nele como missionário, como alguém chamado pelo Senhor para ir a outra terra e testemunhar às pessoas a respeito do verdadeiro Deus, o Criador e Redentor.

Deus teve para com Abraão e sua família depois dele (ver Gl 3:29) um triplo propósito:

(1) que fossem os recebedores e guardiões da verdade a respeito do reino de Deus, que havia sido perdida na história anterior da humanidade; (2) que fossem o canal por meio do qual o Redentor entraria na História; e (3) que fossem, como fiéis servos de Deus, uma luz para as nações e para aqueles que precisavam
conhecer o Senhor.

Incentive os jovens de sua igreja a dedicar as férias ao Projeto Calebe, Escola Cristã de Férias ou alguma outra atividade que leve esperança à sua comunidade.