Adicionado por em 2015-07-11

VERSO PARA MEMORIZAR: “Havia também muitos leprosos em Israel nos dias do profeta Eliseu, e nenhum deles foi purificado, senão Naamã, o siro” (Lc 4:27).

Leitura da semana: 2Rs 5; Mc 1:40-45; 2Rs 2:1-15; Jo 15:5; Rm 6:4-11; Rm 6:1

O livro de Reis, que trata da história dos reinos de Israel e de Judá no período em torno de 970 a 560 a.C., registra eventos emocionantes e dramáticos, bem como mudanças políticas de grande alcance, que afetaram o povo de Deus. Entre esses relatos estão as histórias de Elias e Eliseu, corajosos profetas de Deus cujas aventuras têm fascinado a imaginação de crianças e adultos em todas as épocas.
São também interessantes as semelhanças entre o ministério de Eliseu e o de Jesus. No ministério de ambos, mortos foram ressuscitados, leprosos foram purificados e famintos foram alimentados a partir de pequenas quantidades de comida.

A lição desta semana trata de um desses milagres: a cura de Naamã, um idólatra rico, poderoso e muito orgulhoso que, em sua grande necessidade, veio a experimentar o poder do Deus vivo por meio do testemunho de uma missionária muito improvável.

Entre as muitas verdades espirituais encontradas nesse relato, podemos obter um modelo para o testemunho transcultural em meio à tensão e à rivalidade internacionais.

Podemos ver, também, nessa história, um modelo de como o plano
da salvação atua.

Inicie uma classe bíblica com os juvenis e jovens de sua comunidade, com o objetivo de prepará-los para o batismo da primavera, no mês de setembro.