Detalhes

Bíblia, Escola Sabatina
4 anos atrás

Motivação: Espada
Nos tempos antigos, a espada era um dos instrumentos usados nas guerras, o que hoje seria uma pistola ou um rifle. Paulo usa essa metáfora para mostrar a importância de utilizar esse instrumento na luta contra o pecado.
Foco: Conhecer alguns meios que Deus levanta para enfrentar o mal.
Compreensão: Nesta lição, veremos algumas metáforas para representar o plano divino para enfrentar o problema do pecado nos livros de Paulo.
1. Metáfora da Cruz; 2. Metáfora do Corpo Humano; 3. Metáfora da armadura de Deus.

I. Cruz (justificação pela fé)
1. 1 Coríntios 1:18: “Porque a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus”.
2. A cruz é o centro da mensagem da salvação. Romanos 5:8: Cristo morreu por nós quando éramos ainda pecadores. Romanos 5:1-5: Justificados pela fé, por meio de Jesus.
3. Adão e Jesus. Assim como não tivemos nada a ver com a escolha errada, não tivemos nada a ver também com o que Jesus fez na cruz. Paulo resumiu seu argumento em Romanos 5:18-21: O primeiro Adão trouxe condenação e morte; o segundo trouxe reconciliação e vida.

II. Corpo humano (1 Coríntios 12:12-31 – Igreja)
Lavoura (1 Coríntios 3:4-9); Edifício (1 Coríntios 3:10 – Igreja)

O símbolo da igreja como um corpo enfatiza não só a unidade, mas, também, o fato de que a diversidade pode contribuir para o propósito mais amplo da unidade.
Na unidade da igreja há mais sinergia e força.

III. Armadura de Deus (Ef 6:14-17)
Evidentemente, o povo de Deus, sozinho, não consegue enfrentar as forças do mal, que são muito determinadas. É aí que entra a armadura completa de Deus:
1. O cinto da verdade;
2. A couraça da justiça;
3. Calçai os pés que são ligeiros para levar o evangelho da paz;
4. O escudo da fé;
5. O capacete da salvação;
6. A espada do Espírito, que é a Palavra de Deus.