Detalhes

Comunicação, Comunicação
4 anos atrás

O jejum tem sido praticado por muitas religiões: cristianismo, judaísmo, islamismo e mesmo o budismo adotam o ato como parte de suas cerimônias. A Bíblia menciona situações de jejum e até Jesus Cristo ficou 40 dias sem comer. Certamente a privação alimentar tem uma aplicação espiritual e, junto à oração, é uma atividade que facilita ou aumenta a comunhão com Deus. Porém, o objetivo deste artigo são os efeitos físicos da prática.
Continue lendo http://noticias.adventistas.org/pt/coluna/hildemar-santos/o-verdadeiro-jejum/